ALL GARB DESUNITED

sexta-feira, novembro 17, 2006

TURBOXEXAS QUE SE LIXE...

Da Give It é fixe! Very nice concert in da tiatre. Já os vi várias vezes, mas as duas vezes em Fare forem special ones. A primeira foi no Pavilhão do Farense, há uns bons 6 anos, ainda na Ualg. Aquerdite que muita gente que lá estava ontem tenha estado nesse. E os bons 6 anos mais velhos "pediam" uma coisa assim.

É que sinceramente, das outras vezes que os vi ao vivo, as recordações são mais endróminadas... a primeira foi no Zambujoeste, prái há 7 ou 8 anos, tava eu estendide/escarrapacháde do chão, no últime dia do festival. Não tava bêbado, não, suas fufas, tava estafadíssimo. Pessoal a passar por cima de mim e o camane. Mas ninguém me tocou. Boa onda os primeiros anos de Sudwildwest.

A outra que mealmbro, assim de repente, tinha side o ane passade, do Jardim Pescador Olhanense, for free, nas festas da cedade, e foi a modos que foi gire ouvir alguns contrraines meus a comentarem "aquile é um homem ou uma melher?" ou "mó, a gaja tem uma voz que parece um homem dé".

A PROPÓSITO DE BIQUÊRADAS…

Não vi ontem, pois fui ver os Da Give It ó tiatre das figurinhas (chora assjesualdo), mas parece que tá aí umas plémicas entre quadros e fedorentos. Logo, inda bem que na vi, penso eu de que. Espero não apanhar a repetição.




Outra coisa e a propósito: José Nunes. As camisas. Meu Deus, as camisas. Pato Bravoor all over it. Só pode ser daltónico. Fashion statement? Identity statement, IMHO. É que até passavam despercebidas, não fosse aquele cabelinho engomado ao máximo a acompanhar. Aliás, mas que cabelo é aquele? Ele tem sequer coragem de gozar com o cabelo do Palbente?

E pelas informações que me chegaram, até há bem pouco tempo tinha bigode e um Tigra.

PÔ, É BRINCADÊRA...

Gózação, né? A boneca Barbie a fazer tiro à cabeça dos boneco, a érritêpê passando um FIULMI com Gene Hackman djipois dji uma partjida da cê lé são do Fêlipão...

Mas prantes, parece que tá na moda meter a maior abécula da enquipa a capitão, é assim no Olhanense, é assim na Selecção…

Já pra na falar da chantagem emocional / descortesia brejeira (bréga em brasileiro) do sargentjinho em relação ao professor… nem acredito ao que isto chegou… o SEF não põe ordem nesta merda? Se o Brasil não deporta cidadãos estrangeiros, porque é que cá temos de aceitar patentes brasileiras? És sargento? És dentista? Carolina que te pariu, também os kosovares eram todos enginheiros lá na terra deles e cá nem com esses sapatos…

Acho é que o Prófe ainda tem razão, mesmo após estes anos todos: é preciso varrer o lixo todo da FPF, afinal de contas, quantos títulos deu o vendedor de relógios a Portugal?

Gostem ou não, o treinador-cavaquista deu-nos dois. Do mundo.

quinta-feira, novembro 16, 2006

PRIMÊRES ÔTRA VEZ!

Pareço um moçe peqene, mazé assim mesme... já na estória do LIVRATRAIDOR antecipei-me um dia... ontem com a cena do ÉDJINHU no maicepeice antecipei-me ôtra vez ó récócrde, que tem hoje uma repretagem com alta foto do quarentão em frente a uma cena a dizer... JUVENTUDE!!!!!

Where's my bssicleta prize??? E quero com selim, que eu nam sou amigue do Lorence Pinte Calçude... têm é de ser daqueles que na faça doer nas nalgas.

MUDAISTIIII (copyright pitashoarmagoras)

Primêre o gá dos EICIDICI, agora o MARCPAL

Gádarrêdes é mesme uma pzição rock’nroll…

Só o Careca de Leste é que era mais huntz tuntz…

COMPUTER SAYS NUFFIN’

Atão recorre-se ó almanaque do Rui Tovarpatinhas e da Vóvó Donalda:

Portimonense, 0 – Benfica, 3 (1986/87)
0-1 alvaro
0-2 rui aguas
0-3 alvaro

quarta-feira, novembro 15, 2006

ÉÉÉDJINHO!!!

Qual Cajudic na wikipédia ou hi5porcas com cablinhàpalbente… EDINHO no myspace arrasa um monte: “played in the Union of Muds and in the Vizela (during three seasons). I returned to the José Archangel, signing at 37 years”

TO ALMADA

Com esses dois Brunos na enquipa querias o QUÊ?

"MOSQUITOS POR CORDAS"

Esta expressão significa o quê, AFINAL? Nunca percebi bem, mas se significa “mandar manguitos prá assistência do clube contrário quando se festeja um golo”, concordo. Eu sei, porque tava lá e senti-me ofendide, obrigado. Tinha 10 ou 11 anos, mas lembro-me bem das imagens não televisivas.

E uma correcçãozita que já tínhamos aqui desvendado: não é catalão. É andaluz, de Málaga. Jogou, porém, no Barca e no Espanhol, e acho que a famelga era catalona. Nice blog for the likes of people from Leste, Almada and New Jersey bings, tough.

CHEGÁMOS ÓS DOIS ÂNUS!!

Moss, se nã fosse o Moirinhe, um gá nem dava perisse, até porcá um ane jánes tínhames esquecide que fazíamos um ane desta merraça.

No 2.º ânus versário guestaríamos de agradecer ós maganes que nos visitem, desde Pretimeum até ao Ireum...

Tantes maganes são eles, que só nos faltem trzentes prátingir a mnita marca de 50000. Nã oferecemos postas como estes CROMOS, mas ainda tames a pensar no que vamos fazer com esse vzitante. Talvez oferecer-lhe uma camzola daquelas que o AsulDafyddlade fez pró último almôçe-convive.

terça-feira, novembro 14, 2006

FERNANDO MARTINS, R.I.P.

Na era algravie, até pensei que fosse, mas já era "adoptado" por se ter notabilizado no FARENSE, Portimonense e Silves no final da carreira. Jogou também no Atlético, Estoril e Marítimo. Acho que chegou a ser internacional nas camadas jovens.

Faleceu ontem um jogador da bola a que a malta da minha geração se habituou (Careca de Leste é moço pra ter muuunte mais recordações dele que eu e… “ao vivo”) nos CROMOS, relatos, resumos, jornais e revistas daqueles tempos em que "é que o futebol era bom" (sei que todas as gerações dizem isto, mas quero que as outras se lixem).

PXINAS DÓLHEUM?



Sim, é tipe A desfeza de Olheum, agora... a foto é recente, mas podia de ser dos primêres tempes deste túnel... o que me fazalembrar-me dos mês tempes de cecundária... não, não vou deambular quem é que dava porrada a quem (acho que toda a gente dava e levava, sinceramente) ou os nomes de quem andava lá naquela altura, apenas malembra munte bem é per cá de quem é que eu deixei de tirar por clubes pertguêzes sem ser o Benfica nas competições êrpeias... Vá, prantes, até tirei plo Farense contró Lyon, mas isso é soldariedade rejenal, na conta. O que conta é que o ponto de viragem na minha vida nesse capítele foi em 1988. No ano antes tinha tipo assim a modos que tirado e ficado contente pela vitória do calquenhar de madjer, mas no ano seguinte o Benfica perdeu a pnáltes com o PSV e levámos o abuze em monte dos ceportenguistas e pertistas. Rafêres dum rai.

Por isso é que hoje, com mai de 30 anes, inda sou tipo moço pequene, tiro sempre pelos de fora. Conde me preguntam "Atão nã és perteguêS?", eu respondo: "Mê menine, lembras-te conde o túnel encheu pela primeira vez...?"

segunda-feira, novembro 13, 2006

HAN?

Isto não é o Vrasim, poinão, ó ALHINHOZOINOV?

FB IN DISGREICE?

Deixa lá, o compadre Satrunine logo cobre a SITUAÇÃO...

BALLA NA SPA* DE FARE



Lá fui esprêtar essa coisa dos Balla, foi bacaninho. Pareceu-me um registo menos easy listening do que o álbum entrior (ou será ca coisa ao vivo ganha mais pujança? Digam-me VOCEIAS).

Esse tal de Teixeira, realmente, tá em todas, ache que tem o projecto em monte (Bullet, Bala, BUBAlicious, Bizarra Lacraumotiva, etc.), este é apenas um deles, e gabo-lhe a paciência e capacidade de multiplicação, pois desta vez que o vi sem ócles é que percebi que ele também vai fazer uma perninha a Ingalterra de vez em conde, como Baltemar Brite. E ao contrário do Silvine, acho que é môço pra saber o cus panhólitos quieren dizer com "de puta madre".

Gostei também do refrão duma canção que ele até repetiu no ancóre: "Eu nunca dei um passo atrás, que não fosse capaz". Very João Broas Pinto.

* - do not read the "A" for animals, muppet bing!